Ações como dar banho e trocar a fralda do bebê permitem fortalecer o vínculo entre pais e filhos. No entanto, fazer isso fora de casa pode não ser tão simples assim. Há situações em que os lugares onde é preciso trocar as crianças não são os mais confortáveis do mundo. Felizmente, você pode contar com a ajuda de um trocador portátil para facilitar esta tarefa.

Graças a estes produtos, você pode ficar tranquilo e trocar seu bebê onde estiver. Um trocador portátil permite transportar tudo que for necessário para a higiene do bebê, e permite trocá-lo de forma limpa e confortável em qualquer lugar. Estes trocadores são produtos imprescindíveis no enxoval de qualquer família à espera de um filho.

O mais importante

  • Trocar a fralda de uma criança requer alguns cuidados de higiene importantes para evitar que o bebê pegue uma infecção. No entanto, quando é preciso fazer isso fora de casa, pode não ser fácil encontrar um lugar apropriado.
  • Com o trocador portátil você terá sempre à mão uma base limpa sobre a qual trocar seu filho. Além disso, estes trocadores contam com espaço de armazenagem no qual é possível levar todos os itens de higiene necessários.
  • Antes de comprar um trocador portátil, é preciso levar em conta certos fatores, como o tamanho, o material de fabricação e a qualidade do mesmo, para ter certeza de que você está tomando a decisão que mais se ajusta às suas necessidades.

Ranking: Os melhores modelos de trocador portátil do mercado

Atualmente, todos os produtos relacionados à puericultura e aos cuidados dos bebês e crianças evoluíram muito, e é possível encontrar uma infinidade de modelos e designs diferentes. Esta variedade é positiva, embora em muitos casos seja difícil tomar uma decisão. Para facilitar esta tarefa, selecionamos os cinco melhores trocadores portáteis do mercado.

1° – Trocador Papi Textil

Uma das opções mais vendidas e bem avaliadas da Amazon, oferece conforto e comodidade na troca do bebê. O trocador da Papi Textil é dobrável e forma uma bolsinha que pode ser levada dentro da bolsa do bebê. Possui um bolso interno na lateral que permite levar as fraldas das próximas trocas.

A área da troca é plastificada para facilitar a limpeza, possui um acolchoado com fibra e espuma 100% poliéster, e tem um acabamento em viés. Esta é uma das alternativas mais baratas de trocador portátil, ideal para quem está buscando algo simples com uma boa relação custo-benefício.

2° – Trocador Pronto Skip Hop

Embora seja uma das opções mais caras, este trocador portátil da Skip Hop também é um dos mais completos do mercado e tem um design extremamente elegante. Fechado, ele se transforma em uma bolsa com zíper frontal para levar chaves, carteira, celular e outros itens pessoais. Pode ser levado dentro de uma bolsa, amarrado ao pulso ou preso no carrinho do bebê.

Fácil de limpar, oferece uma área acolchoada para a região da cabeça do bebê, e vem com uma caixa translúcida para armazenar lenços umedecidos. Há também um bolso interno em tela que comporta até 4 fraldas grandes e itens de higiene do bebê. Por último, este produto conta com um zíper que permite separar a bolsa do trocador.

3° – Trocador Ella Baby

O trocador Ella Baby é leve e resistente, e quando dobrado se transforma em uma bolsa cômoda e fácil de transportar. Possui um bolso externo com zíper para guardar celular e carteira, além de mosquetão para chaves, e pode ser fixado na maioria dos carrinhos por meio da sua alça de fixação.

A parte interna do trocador é toda acolchoada, impermeável, confeccionada em nylon com um toque macio. Este trocador possui, internamente, um bolso para lenços umedecidos com abertura prática, um bolso em tela com zíper para fraldas, outro para armazenar uma troca de roupa, e outro para itens diversos. Considerando tudo que oferece, trata-se de uma opção com uma boa relação custo-benefício.

4° – Trocador Momis Petit

O trocador da Momis Petit é compacto, versátil e ocupa pouco espaço. Possui uma alça que permite carregá-lo como uma bolsa pequena ou pendurá-lo na barra do carrinho do bebê. O trocador pode ser destacado dos bolsos para ser transportado separadamente ou lavado.

Este produto é feito de nylon extremamente resistente, suave e confortável para a pele do bebê, além de ser fácil de limpar. Ele conta com 3 bolsos na parte superior, que permitem carregar até uma troca de roupa, 4 fraldas, 1 pacote de lenços umedecidos, cremes e objetos pessoais dos pais, como chaves e telefone celular.

5° – Trocador Summer

O trocador portátil Summer é uma opção simples e compacta, fácil de dobrar e transportar, que pode ser presa ao carrinho por uma alça de fixação ou carregada como uma carteira, seja na mão ou dentro de uma bolsa com outros itens de necessidade do bebê.

Sua superfície é feita de um material impermeável, de alta durabilidade e fácil de limpar, e ele possui três compartimentos internos para armazenar fraldas e outros produtos de higiene do bebê.

Guia de Compras: O que você precisa saber sobre o trocador portátil

Antes de decidir comprar um trocador portátil, você pode ter uma infinidade de dúvidas. Isso é completamente natural, já que todos sempre querem o melhor para os seus filhos. Para fazer a melhor escolha, é preciso estar bem informado sobre o produto em questão. A seguir, iremos responder às perguntas mais frequentes para facilitar o seu processo de decisão.

Imagem de mãe com filho no colo.

Os trocadores portáteis são muito úteis para trocar o bebê fora de casa. (Fonte: Jiri Miklo: 14435262 / 123rf.com)

O que é um trocador portátil e quais vantagens ele oferece?

Um trocador portátil é um tipo de trocador extremamente compacto que pode ser dobrado. Desta maneira, é muito prático para ser utilizado fora de casa. Esta praticidade é a que leva a maioria dos pais a ter um em casa atualmente. Estas são as principais vantagens do seu uso.

Vantagens
  • São compactos e cômodos de transportar
  • Contam com um espaço de armazenagem para levar o que for necessário
  • Podem ser utilizados por mais tempo porque não têm um peso máximo
  • São fáceis de limpar
  • Podem ser usados em qualquer lugar
  • São muito econômicos
Desvantagens
  • São menos confortáveis para o bebê do que os trocadores domésticos
  • É preciso escolher uma superfície adequada sobre a qual colocá-los

Como você pode ver na tabela acima, as desvantagens deste tipo de produto são quase inexistentes. Além disso, como a troca na rua costuma ser muito mais rápida do que a troca em casa, quando há mais tempo para brincar com o bebê e fazer as coisas com calma, não é preciso se preocupar tanto com o conforto. Além disso, a maioria dos lugares públicos oferece alguma superfície destinada a apoiar os trocadores.

Quais tipos de trocador existem?

Embora muitos dos tipos de trocadores para bebês sejam amplamente conhecidos, sempre é bom recordá-los, sobretudo porque, além do trocador portátil, é preciso ter um doméstico para usar dentro de casa. A seguir, apresentamos os tipos de trocadores mais comuns que podemos encontrar atualmente:

  • Colchão-trocador: É o mais básico de todos. Trata-se unicamente de um colchão que pode ser colocado sobre qualquer superfície. Poderíamos dizer que este é o trocador portátil para ser usado em casa.
  • Móvel trocador: Para utilizar este trocador é preciso ter mais espaço, já que se trata de um móvel com gavetas de armazenagem, sobre o qual há um colchão.
  • Trocador com suporte: Muito parecido com o anterior, mas na maioria dos casos tem um suporte que pode ser dobrado, permitindo ocupar menos espaço no ambiente enquanto não está em uso.
  • Banheira-trocador: Esta costuma ser uma das opções mais escolhidas pelos pais de primeira viagem, já que ter a banheira e o trocador em um mesmo produto é uma grande fonte de praticidade.

Adicionalmente, é importante mencionar a bolsa-trocador. Este, na verdade, é um trocador portátil que tem o formato de uma bolsa. Este tipo de trocador costuma ser muito mais prático do que os convencionais, já que a alça costuma ser mais longa e ele é mais confortável de carregar. Além disso, conta com um espaço de armazenamento maior.

Imagem de bebê deitado em trocador.

Os trocadores portáteis são econômicos. (Fonte: Marija Starcevic: 122138960 / 123rf.com)

Como usar o trocador portátil?

O primeiro ponto que é preciso levar em conta ao utilizar um trocador portátil é que, assim como acontece com os trocadores domésticos, o bebê precisa ficar na altura dos braços do adulto. Desta maneira, é possível garantir a segurança da criança e a facilidade do adulto para realizar a tarefa de trocá-la.

Se você precisar utilizar um trocador portátil pela primeira vez, é importante levar em conta estas indicações de uso. Se não for a primeira vez, também é recomendável revisá-las para ter certeza de que você está fazendo um uso correto deste produto e de que não está cometendo algum dos erros mais frequentes.

  1. Em primeiro lugar, você deve escolher a superfície ideal sobre a qual colocar o trocador. É importante que ela seja plana, estável, e que permita que o adulto tenha liberdade de movimento.
  2. Antes de colocar o bebê sobre o trocador, é imprescindível ter à mão todos os artigos dos quais você vai precisar (fralda limpa, creme de assaduras, lenços umedecidos, etc.), para que não seja preciso deixar o bebê sozinho em nenhum momento.
  3. Quando tudo estiver preparado, deite o bebê no centro do trocador. Assim, você evita que ele possa cair pelas laterais do mesmo.
  4. É importante verificar a posição da cabeça do bebê, já que ela sempre deve estar um pouco mais elevada do que o resto do corpo. Para elevar a cabeça, você pode usar uma toalha ou uma almofada pequena.
  5. Enquanto você troca o bebê, o ideal é mantê-lo entretido. Por isso, levar um brinquedo do qual ele goste provavelmente vai facilitar o seu trabalho.
  6. Quando terminar de trocar o bebê, você deve limpar o trocador (com lenços umedecidos, por exemplo) para evitar a presença de manchas que podem favorecer o surgimento de bactérias nocivas para o bebê.

Como você pode comprovar, estas são indicações muito simples, mas muito valiosas, na hora de usar o trocador portátil. É importante estar atento a estas diretrizes de uso não apenas por questão de segurança, mas também para garantir o conforto do bebê. Se você as seguir ao pé da letra, não vai ter dificuldade alguma ao trocar a fralda do seu filho fora de casa.

Quais características um trocador portátil deve ter?

Pais e mães costumam ser muito exigentes no que diz respeito aos itens usados pelos seus filhos. O trocador portátil é um acessório que você vai carregar consigo toda vez que sair de casa, por isso é importante se assegurar de que ele tenha certas características que garantam o conforto de toda a família:

  • Compacto: Um aspecto imprescindível. Se você vai levar o trocador para todo lugar, o ideal é que, ao ser dobrado, ele ocupe o menor espaço possível.
  • Presença de bolsos internos: É preciso ter uma quantidade de bolsos suficiente para transportar todos os artigos necessários para trocar o bebê. Você deve se lembrar de que, ao utilizá-lo, não estará em casa. Portanto, não terá à mão todos os acessórios que podem ser úteis, motivo pelo qual é melhor levá-los junto com o trocador.
  • Presença de alça que permita pendurá-lo: Embora este aspecto não seja imprescindível, em algumas situações não há espaço suficiente para colocar o trocador na bolsa do carrinho. Por isso, é ótimo poder pendurá-lo em uma das barras laterais do mesmo.

Estas são as características mais importantes que vão garantir que usar o trocador portátil fora de casa seja simples e cômodo. Muitas vezes, trocar o bebê em um banheiro público ou fora de casa não é uma tarefa simples, e o papel do trocador é facilitar a vida de pais e mães que precisam enfrentá-la.

Lucia GalánMédica

“Não tire suas mãos do bebê em nenhum momento. Coloque sua mão sempre sobre a barriga do bebê, mesmo que você acredite que ele não é capaz de se virar. Os sustos vêm nos dias menos esperados.”

Quais itens nunca podem faltar no trocador portátil?

Falamos sobre a importância de que o trocador portátil tenha bolsos ou um espaço de armazenamento suficiente para levar todos os itens necessários para trocar o bebê fora de casa. No entanto, quais são os “itens necessários” aos quais nos referimos? Estes são os artigos que não podem faltar:

  • Fralda limpa
  • Lenços umedecidos
  • Creme hidratante e loções
  • Um brinquedo para que o bebê se entretenha
  • Uma toalha ou almofada pequena para apoiar a cabeça
  • Uma troca de roupa, caso seja necessário

Se, além destes itens, você quiser incluir sacolas de plástico feitas para separar as roupas limpas da que acabou de tirar do bebê, vá em frente. Há pais e mães que também utilizam o trocador portátil para levar uma chupeta extra, um babador ou mamadeiras de água e leite. Obviamente, cada um terá os seus próprios critérios e preferências ao decidir o que levar.

O trocador portátil tem espaço para armazenar tudo que eu preciso?

Embora isso dependa do modelo e do design específico do trocador portátil que você escolher, a maioria deles costuma contar com espaço de sobra para acomodar os produtos do bebê que acabamos de mencionar. Caso contrário, eles não seriam úteis, pois teríamos que carregar uma bolsa maior na qual pudéssemos colocar estes itens extras.

O mais importante é que, no momento da compra, você fique atento à quantidade e capacidade dos bolsos presentes no trocador para comprovar que será possível armazenar tudo que quiser levar. Há versões com bolsos grandes ou pequenos, e até com compartimentos desenhados especificamente para cada produto voltado para o bebê. Não se preocupe com o espaço!

O trocador portátil é seguro?

As quedas no momento da troca de fralda estão entre os acidentes mais comuns envolvendo bebês e crianças, por isso é fundamental estar sempre atento ao seu filho ao trocá-lo.

Atualmente, não existe regulamentação de segurança para para os trocadores no Brasil. No entanto, há um projeto de lei em andamento para obrigar os fabricantes destes produtos a incluir alguns itens de segurança, como cinto para fixação da criança, base antiderrapante e elevações nas laterais. Além disso, o texto determina que os trocadores venham acompanhados de um manual com instruções básicas de segurança.

No caso dos trocadores portáteis, é importante escolher uma superfície segura na qual posicionar o trocador e deitar o bebê. Na falta de uma superfície adequada, as crianças pequenas devem ser trocadas no chão ou em alturas inferiores a meio metro.

Outra medida de segurança importante no que diz respeito aos trocadores portáteis está relacionada ao material de fabricação dos mesmos, já que ele não deve conter substâncias nocivas para a pele do bebê.

Imagem de bebê sorrindo.

Enquanto você troca o seu bebê, pode mantê-lo entretido com um brinquedo ou uma chupeta. (Fonte: Goodluz: 35845467 / 123rf.com)

Até que idade o trocador portátil pode ser utilizado?

Embora esta não seja uma regra matemática, as crianças costumam precisar das fraldas até mais ou menos três anos de idade. Enquanto elas precisarem de fraldas, seus pais vão precisar trocá-las, e o trocador continuará sendo muito útil. Ao contrário do que ocorre com os trocadores domésticos, que têm um peso máximo determinado para a criança, as versões portáteis são mais flexíveis.

Por não terem uma base sobre a qual o bebê é colocado, e sim apenas a capa que fica posicionada sobre outra superfície, o uso de trocadores portáteis se prolonga ainda mais no tempo, até que a criança deixe de precisar dele. O único ponto que merece a sua atenção é garantir que o local sobre o qual você vai colocar o bebê aguente o seu peso.

Critérios de Compra

Na hora de comprar um trocador portátil, é importante levar em conta alguns fatores que permitem fazer a escolha certa. A seguir, explicamos em detalhes os cinco critérios que devem ser analisados para que você escolha o produto que melhor se adapta às suas necessidades.

  • Tamanho
  • Material
  • Manutenção
  • Espaço de armazenagem
  • Qualidade e durabilidade

Tamanho

Sem dúvida alguma, o principal critério de compra no qual você deve se basear na hora de escolher um trocador portátil é o seu tamanho. Como o próprio nome indica, o design deste produto deve ser ergonômico, compacto e eficiente, ideal para o transporte. Tudo isso deve estar presente no menor tamanho possível.

Pode ser que você pense que quanto maior for o trocador, mais itens poderá guardar dentro dele e mais confortável o bebê ficará. No entanto, a verdade é que você vai utilizá-lo fora de casa, o que significa que será preciso carregá-lo. Por isso, quanto menor for, mais fácil será de transportar (e o bebê ficará igualmente confortável).

Imagem de bebê sendo trocado.

Fique atento ao tipo de material do trocador portátil, já que ele estará em contato direto com a pele do seu bebê. (Fonte: Deymos: 75688717 / 123rf.com)

Material

O trocador portátil vai estar em contato direto com a pele do seu bebê, e você sabe o quanto ela é delicada. Por isso, é importante que, na hora de decidir qual produto comprar, você avalie o material de fabricação de cada alternativa para evitar, na medida do possível, o surgimento de alergias ou reações cutâneas.

O material ideal para este tipo de produto para crianças é qualquer um que seja considerado hipoalergênico. Você deve, portanto, buscar trocadores que contem com um certificado de qualidade em seus materiais, já que, desta maneira, vai garantir que o produto não contenha nenhuma substância que possa ser tóxica para o bebê.

Manutenção

Os trocadores portáteis devem ser eficientes e práticos em todos os sentidos, e isso também se aplica à manutenção. Além disso, se a limpeza e os cuidados necessários para manter o trocador em ótimo estado forem simples e descomplicados, isso fará com que levá-lo com você para todo lugar não tenha nenhum tipo de inconveniente.

A maioria dos trocadores deste tipo costuma ser feita de um tecido plástico impermeável muito mais fácil de limpar do que um item feito de pano.

Assim, com alguns lenços umedecidos ou um pouco de água e sabonete você poderá eliminar qualquer mancha logo depois de utilizá-lo, já que a lavadora nem sempre estará à sua disposição.

Espaço de armazenagem

Já falamos sobre todos os itens que será necessário levar no trocador portátil. Por isso, embora o trocador não precise ter um tamanho excessivo, é ideal contar com uma versão que tenha espaço de armazenagem suficiente para tudo que tem relação com a higiene do bebê. Os bolsos podem estar posicionados de diferentes formas.

  • Trocadores alongados com bolsos na parte superior que, desdobrados, ficam sobre a cabeça do bebê.
  • Trocadores alongados com bolsos na parte inferior que, desdobrados, ficam sob os pés do bebê. Estes são os mais confortáveis para os pais, já que os itens de higiene ficam mais à mão.
  • Trocadores com bolsos nas laterais. Estas opções costumam contar com mais espaço.

Todos eles são dobráveis e compactos, com um formato parecido ao de uma carteira. Na hora de escolher, você deve se basear na sua comodidade. No entanto, vale lembrar que mesmo com o espaço para deitar a criança e com os bolsos de armazenagem, o trocador deve continuar tendo uma tamanho reduzido e ser fácil de transportar.

Bebê olhando para sua mãe.

Há uma infinidade de opções de trocadores portáteis disponíveis no mercado. (Fonte: Choreograph: 50427829 / 123rf.com)

Qualidade e durabilidade

O trocador portátil irá acompanhá-lo em muitos lugares que você nem imagina, e vai ser usado constantemente. Por isso, a qualidade do mesmo deve ser a melhor possível para evitar um desgaste maior do que o normal com o passar do tempo. Além de aumentar a durabilidade, a qualidade também é importante para o conforto do bebê.

Questões de qualidade que influenciam o conforto do bebê incluem, por exemplo, a presença de costuras evidentes na área onde você vai deitar o bebê. Além disso, apesar de ser de plástico, é importante que tenha algum tipo de material suave e confortável. No que diz respeito aos seus filhos, a qualidade é primordial.

Resumo

O trocador portátil facilita a vida dos pais e permite trocar o bebê fora de casa sem preocupações. Graças a ele, esta tarefa se torna muito mais simples, já que este produto se adapta à maioria dos trocadores presentes em banheiros públicos, e você pode levá-lo sempre com você.

Estes trocadores não são úteis apenas em banheiros públicos ou quando você for comer em um restaurante, mas também são ótimos para levar em viagens. Dobrados, eles ficam muito compactos e são fáceis de transportar. Além disso, contam com um espaço de armazenagem suficiente para levar tudo que é necessário para trocar o bebê.

Se você gostou deste nosso Guia sobre trocadores portáteis para bebês, compartilhe-o nas redes sociais e nos deixe um comentário.

(Fonte da imagem destacada: Melpomen: 91280166 / 123rf.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
43 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...