É muito comum ouvir que os jovens não leem, que dedicam o tempo livre às redes sociais, para ver séries, ficar no videogame ou, simplesmente, estar com os amigos. Porém, quem ainda acredita nisso não olhou as listas com os livros mais vendidos no país, já que, entre eles, aparecem muitos títulos escritos para o público adolescente.

Hoje em dia, os adolescentes contam com a possibilidade de escolher títulos de um diverso catálogo de livros juvenis, tanto para leitura em formato de papel quanto eletrônico, que funciona em uma grande variedade de dispositivos. Isso foi o que, sem dúvidas, impulsionou a popularidade desse tipo de literatura, que está vivendo, nos últimos anos, uma nova era de ouro dos romances juvenis.

O mais importante

  • Da mesma forma que a literatura infantil, os livros juvenis estão vivendo, nos últimos anos, uma época de esplendor. Desde o terror até a ficção científica, passando pela temática LGTB ou pelas histórias de amor, quase todos os gêneros têm lugar nesse tipo de literatura. No entanto, os limites da literatura juvenil continuam sem estar muito bem definidos.
  • A literatura juvenil abarca numerosos âmbitos e alcança, com sua influência, outros meios, como o cinema e as séries de televisão. Por outro lado, seus autores também souberam se adaptar aos tempos modernos, abordando temáticas como o bullying ou as doenças terminais, que não eram, até agora, os temas mais comuns dos livros para adolescentes.
  • A enorme quantidade de títulos publicados para adolescentes faz com que seja difícil escolher o mais adequado. Para isso, é necessário responder algumas perguntas simples: De quais temas trata o autor? Quais os gostos e interesses do jovem? O leitor é menino ou menina? É melhor comprar um best-seller? Essa são algumas das dúvidas que devemos sanar antes de nos decidirmos por um ou por outro livro.

Ranking: Os melhores livros juvenis do mercado

A seguir, vamos indicar uma seleção com os 5 livros juvenis mais vendidos em 2019 no Brasil. A quantidade de títulos para leitores jovens editados a cada ano é realmente imensa e engloba vários gêneros: desde ficção científica e fantasia até histórias românticas. Todos os gêneros são bem-vindos na literatura favorita dos conhecidos como young adults.

1º – “Animais fantásticos e onde habitam (O roteiro original)”, J. K. Rowling

Este livro traz o roteiro de um filme que foi inspirado em… um livro! No mundo mágico de Harry Potter existe um manual chamado “Animais fantásticos e onde habitam” que deve ser lido por qualquer bruxo que se preze. Ele foi escrito pelo magizoólogo Newt Scamander, que é o protagonista atrapalhado do filme de mesmo nome.

No mundo real, a escritora J.K. Rowling fez, com esse livro, fez sua estreia como roteirista de cinema. Essa história é uma boa opção para estimular crianças e adolescentes a conhecerem o mundo mágico de Harry Potter, que conta com 7 livros sobre o bruxinho, além de vários títulos complementares como este.

2º – “Azeitona, Bruno Miranda

PROMOÇÃO

Ian e Emília são colegas da escola. Eles nunca tiveram muita amizade, mas decidem juntar-se em prol de um plano em comum: participar de um reality show sobre casais adolescentes que vão ser pais. A motivação deles é o cachê pago pelo programa.

Acontece que eles não são um casal de verdade e ela nem grávida está! O que no princípio parecia ser um mero detalhe, no fim vai acabar complicando a vida dos adolescentes e ensinando-os que construir algo baseado em mentiras nunca pode gerar boas consequências. O leitor juvenil com certeza tem muito a aprender com essa história.

3º – “P.S. Ainda Amo Você”, Jenny Han

Lara Jean é uma adolescente que decide escrever uma carta secreta para cada garoto por quem se apaixonou e se desapaixonou platonicamente. Só que essas mensagens, de repente, vão parar nas mãos dos destinatários. Isso acontece em Para todos os garotos que já amei, a primeira parte da história, na qual a garota não sabe como sair dessa enrascada e no fim arruma um namorado de verdade.

Na continuação, P.S.: Ainda amo vocêLara Jean tem que aprender a lidar com seu primeiro relacionamento real, até que uma paixão antiga a deixa balançada… Nesse livro, a continuação da história mostra que se apaixonar é a parte fácil e que o emocionante mesmo é o que vem depois. Uma sequência charmosa e tocante que os fãs do primeiro livro vão adorar.

4º – “Quadribol através dos séculos”, J. K. Rowling

Se você vivesse no mundo de Harry Potter, com certeza teria lido esse livro, já que ele é o best-seller permanente no mundo bruxo, além de ser um dos livros mais populares da biblioteca de Hogwarts. Repleto de fatos fascinantes, este guia definitivo escrito pelo estimado especialista em quadribol, Kennilworthy Whisp, apresenta a história do jogo desde sua origem.

No mundo real, trata-se de mais uma fantástica obra fruto da imaginação de J. K. Rowling, que deu vida à série Harry Potter e que lançou livros como este, que nos ajudam a descobrir um pouco mais sobre esse universo mágico. Excelente opção para deixar a imaginação fluir.

5º –“Victoria e o patife”, Meg Cabot

Essa história trata-se de um romance de época. Criada pelos tios na Índia, Victoria é enviada a Londres aos 16 anos a fim de conseguir um marido. Mas é na longa viagem até a Inglaterra que a jovem encontra o amor, na figura de Hugo Rothschild, o nono Conde de Malfrey.

Tudo estaria ótimo se não fosse a insuportável interferência do capitão do navio, Jacob Carstairs. Por que ele não pode confiar na escolha de Victoria? Por que ele não a deixa em paz? Estaria Hugo escondendo algo? Este livro vai encantar aos adolescentes apaixonados por história e pelos tempos antigos, levando-os a refletir sobre como eram as sociedades tempos trás e a valorizar as evoluções e conquistas dos tempos de hoje.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre os livros juvenis

Um livro sempre é um ótimo presente, principalmente quando a pessoa que queremos presentear é um adolescente. Porém, dada à quantidade de livros juvenis que existem no mercado, nem sempre é fácil escolher o mais adequado. A seguir, vamos responder algumas perguntas que talvez você já se tenha feito, alguma vez, sobre esse tipo de literatura.

Imagem de menina lendo livro.

Um dos critérios para considerar um livro como literatura juvenil é a idade dos seus protagonistas. (Fonte: Sergey Skripnikov: 56910067 / 123rf.com)

Como são exatamente os livros juvenis?

Muitos estudiosos da literatura tentaram delimitar as fronteiras da literatura juvenil. Porém, estabelecer uma distinção entre um romance dirigido a um adulto e outro escrito para leitores jovens nem sempre é simples. Um dos critérios para considerar um livro como literatura juvenil é a idade dos seus protagonistas (normalmente, entre 13 e 20 anos).

Não existem temas tabus na literatura juvenil. Qualquer assunto, por mais controverso que seja, pode ser adaptado pelo escritor para que possa ser entendido e assimilado pelos mais jovens. Desde o bullying até a homofobia, passando pelo primeiro amor e o sexo, qualquer assunto pode ser abordado em um livro juvenil se feito de forma adequada.

Harry Potter e o Cálice de Fogo de J.K. Rowling

“Se você quer saber como é um homem, repare em como ele trata seus inferiores, não seus iguais.”

Outro fator que define os livros juvenis é a leitura fácil. Esses tipos de textos tentam, ao mesmo tempo, entreter e criar o hábito da leitura. Por isso, costumam ter tramas simples, sem muita profundidade nem muitos níveis de leitura, com o objetivo de não desincentivar nem entediar uma pessoa que está começando a desenvolver seu gosto pela leitura.

Quais livros juvenis foram adaptados ao cinema?

Além das histórias de super-heróis, as histórias juvenis se converteram, nos últimos anos, em uma das principais fontes de inspiração de Hollywood. Conscientes do sucesso que esses tipos de histórias têm, os estudiosos cinematográficos estreiam, a cada ano, vários filmes baseados em livros juvenis, sendo que alguns deles se convertem em verdadeiros sucessos de bilheteria.

Uma das franquias cinematográficas de mais êxito nos últimos anos é “Jogos Vorazes”. Baseada na trilogia de romances de Suzanne Collins, a saga cinematográfica deu origem não a 3, mas a 4 filmes. As estreias foram entre 2012 e 2015 e os 4 filmes arrecadaram, em conjunto, quase 3 bilhões de dólares em todo o mundo.

Imagem de livro aberto com casa e floresta.

Uma das maravilhas da leitura é poder viajar a lugares remotos, realizar façanhas impossíveis e viver grandes momentos. (Fonte: Vadim Georgiev: 58550508 / 123rf.com)

Outros livros juvenis adaptados ao cinema nos últimos anos foram “Maze Runner”, de James Dasher; “Goosebumps”, de R. L. Stine; “The Host”, de Stephanie Meyer; “Percy Jackson e o ladrão do Olimpo”, de Rick Riordan; e “Instrumentos mortais: cidade dos ossos”, de Cassandra Clare, apenas para citar alguns.

Quais livros juvenis foram escritos para levar à reflexão?

A narrativa juvenil, mesmo que adaptada à maneira de sentir e pensar de uma mente em pleno desenvolvimento, não tem porque abrir mão de temas profundos. Um excelente exemplo é o romance “A culpa é das estrelas”, de John Green, que aborda temas transcendentais, como o trato que damos a doentes terminais.

Outro livro que se afasta dos temas geralmente abordados na literatura juvenil é “Eu sou Malala”, biografia de Malala Yousafzai, que fala de feminismo e terrorismo. Outro exemplo é “O ódio que você semeia”, de Angie Thomas, que trata do racismo e da violência policial na América do Norte contemporânea.

Existem livros juvenis de temática LGTB?

A adolescência é o período da vida no qual se define nossa sexualidade. O tema da identidade sexual, portanto, não podia deixar de estar presente em várias histórias juvenis. “Aristóteles e Dante descobrem os segredos do universo”, de Benjamin Alire, por exemplo, aborda problemas como a dificuldade de assumir abertamente a sexualidade.

“Me chame pelo meu nome”, de André Aciman, é outro título juvenil que apresenta de forma acertada a busca pela identidade sexual. Nele, que também foi adaptado ao cinema recentemente, é narrado como dois adolescentes descobrem sua sexualidade na Itália do final dos anos 80.

Imagem de menina sentada em banco azul com mochila do lado.

Quando você se submerge nas páginas de um livro, não há maneira de se desvencilhar da leitura. (Fonte: Yulia Grogoryeva: 50840812 / 123rf.com)

Quais livros juvenis clássicos são os mais vendidos?

A ampla oferta e a popularidade dos livros juvenis, graças ao cinema e à televisão, não devem nos fazer esquecer de que estamos diante de um gênero literário que é incentivado há séculos. Quem é que nunca leu, na juventude, clássicos da literatura, como “Os três mosqueteiros”, de Alejandro Dumas? Uma história publicada inicialmente como folhetim, mas que segue conservando todo seu encanto e originalidade.

Outro clássico de leitura indispensável para os jovens é “Mulherzinhas”, de Louisa May Alcott, um retrato fiel da trajetória entre adolescência e amadurecimento com a Guerra de Secessão como pano de fundo.

Eragon, de Christopher Paolini

“Os livros são meus amigos, meus companheiros. Me fazem rir e chorar e encontrar sentido na vida.”

Nas listas de livros juvenis mais vendidos, junto com títulos mais recentes costumam, ainda, aparecer clássicos da literatura. Além do valor literário dessas obras, as editoras cuidam cada vez mais desses tipos de livros lançando edições comentadas, ilustradas ou, inclusive, adaptadas para os mais jovens. Os clássicos estão, como você pode ver, mais na moda do que nunca.

Quais livros juvenis surgiram de séries de TV?

Com a chegada das plataformas de streaming às nossas casas, as séries de TV se popularizaram ainda mais. Muitas delas têm nos jovens o seu público mais fiel e é por isso que muitas editoras quiseram aproveitar essa popularidade para lançar coleções de livros baseadas em séries televisivas para adolescentes.

Aproveitar o sucesso de uma série comercializando livros baseados nela é tão antigo como a própria televisão. Séries juvenis míticas, como “Buffy Caça-Vampiros” ou “Beverly Hills 90210” tiveram suas próprias coleções de livros. Mais recentemente, surgiram romances que adaptam séries como “The Vampire Diaries” ou “The 100”, esta última de ficção científica.

Garota lendo em seu e-reader em parque.

Atualmente temos a possibiloidade de ler livros em formato físico ou de modo digital, através de um dispositivo eletrônico. (Fonte: Rasstock: 26444582 / 123rf.com)

Quais livros juvenis têm menos de 200 páginas?

Iniciar no mundo da leitura não é tão fácil para todo mundo. Alguns jovens são capazes de ler, de uma vez, histórias de 500 páginas; outros, por outro lado, necessitam começar com obras menos densas. Há clássicos da literatura juvenil que não passam de 200 páginas, como “Coração das Trevas”, de Joseph Conrad, ou “Fernão Capelo Gaivota”, de Richard Bach.

Muitos dos títulos juvenis mais recentes também têm em torno de 200 páginas, como “Fala sério, mãe”, de Thalita Rebouças, ou “Cinderela Pop”, de Patrícia Pimenta. São, sem dúvidas, livros ideais para despertar, sem pressa e nem angústia, o prazer pela leitura.

Por que é recomendável ler livros juvenis em inglês?

Hoje em dia, saber inglês tornou-se uma obrigação para os jovens. No entanto, não basta apenas saber inglês, também é preciso praticá-lo por meio da fala e da leitura. Por exemplo, “O menino do pijama listrado”, de John Boyne, é um livro escrito com uma linguagem simples e fácil de entender na versão original, mesmo sem ainda ter tantos conhecimentos de inglês.

“O sol é para todos”, de Harper Lee, é outro grande clássico em inglês que os jovens poderão ler sem grandes dificuldades, assim como “A revolução dos bichos”, de George Orwell. Também existem edições bilíngues, com a obra traduzida de um lado e o texto original, em inglês, do outro. Muitas edições incluem, também, apêndices úteis sobre gramática e vocabulário.

Imagem de mão pegando livro em estante de biblioteca.

Atualmente, muitos livros de sucesso provêm de séries de TV. (Fonte: Denis Ismagilov: 48670720 / 123rf.com)

Quais são os livros juvenis de mistério e terror mais populares?

A literatura de mistério e terror também tem seguidores entre os mais jovens. Mesmo que tenham um tom um pouco mais leve, as narrativas de mistério para adolescentes são tão entretidas quanto as destinadas aos leitores adultos. Exemplo disso é “Os Karas”, de Pedro Bandeira, um romance policial divertido e didático.

O terror, um dos gêneros favoritos entre os leitores mais jovens, é trazido com maestria por autores como Stephanie Meyer, criadora da saga “Crepúsculo”, na qual acompanhamos o romance conturbado entre um vampiro e uma jovem humana, além de marcarem presença outras criaturas sinistras, como os lobisomens.

Critérios de Compra

Enquanto os leitores adultos têm seus gostos mais bem definidos, os jovens ainda estão explorando os temas, gêneros e estilos narrativos. Por isso, devemos observar uma série de pontos na hora de adquirir obras para adolescentes, que, apesar de serem leitores ainda inexperientes, são tremendamente exigentes.

  • Gostos e interesses de leitor
  • É preciso levar em consideração se o leitor é menino ou menina?
  • Temática
  • Presentear com best-sellers ou com títulos menos conhecidos?
  • Dar preferência a histórias mais didáticas ou mais imaginativas?

Gostos e interesses do leitor

É comum que leitores habituais com mais de 12 anos já tenham desenvolvido um gosto especial por determinados temas e gêneros. Por isso, se pensamos em dar algum livro a eles, é melhor averiguar que tipo de literatura eles mais gostam.

A personalidade do ou da adolescente é também crucial na hora de escolher as leituras, portanto, é outro ponto a ser levado em consideração.

André GideEscritor francês

“Diante de certos livros, pode surgir a pergunta: quem os lerá? E diante de certa pessoas, pode surgir a pergunta: o que lê? E, no final, os livros e as pessoas se encontram.”

É preciso levar em consideração se o leitor é menino ou menina?

A maioria dos livros juvenis são pensados para que leitores de ambos os sexos desfrutem igualmente da leitura. Apesar disso, há temas que atraem mais a atenção das meninas, como as histórias românticas. A distinção entre literatura para meninas e para meninos está se enfraquecendo cada vez mais, pois as histórias abordam temas que transcendem as barreras do gênero.

Temática

Muitas editoras indicam em suas coleções de livros juvenis uma idade recomendada. Outros títulos, porém, são mais difíceis de associar a uma determinada faixa etária. Por isso, temos que ser especialmente cuidadosos com os temas que o autor trata em sua obra e com a maneira como os aborda.

Presentear com best-sellers ou com títulos menos conhecidos?

Os best-sellers sempre são uma aposta segura para um adolescente. Mas, às vezes não notamos joias literárias menos conhecidas e que nem sempre aparecem nas listas dos livros mais vendidos. Nesse caso, é especialmente recomendável ler comentários e resenhas especializadas na internet para descobrir novas histórias que valem a pena.

Imagem de menina segurando pilha de livros.

Há muitos temas na literatura juvenil atual para que você possa escolher o que mais se adapte àquilo que busca. (Fonte: Rasstock: 32308989 / 123rf.com)

Dar preferência a histórias mais didáticas ou mais imaginativas?

Mesmo querendo potencializar a imaginação e a criatividade do adolescente, os livros juvenis devem sempre trazer certos conteúdos didáticos.

Existem romances juvenis nos quais a história é apenas uma desculpa para ensinar algo ao adolescente. Outros, por sua vez, são puro entretenimento. O ideal será sempre encontrar um equilíbrio entre a diversão e o didático.

Resumo

Não é fácil escolher apenas 5 títulos entre a enorme quantidade de livros juvenis que as editoras lançam a cada ano. No entanto, acreditamos que os títulos da pequena seleção que fizemos vão agradar muitos jovens leitores. Além disso, oferecemos algumas respostas a perguntas que provavelmente você já se tenha feito sobre esse tipo de literatura.

Finalmente, e para ajudar você na tarefa difícil de escolher um livro juvenil, proporcionamos um guia com critérios que você deve ter em mente antes de se decidir por um ou outro livro.

Esperamos que esse texto realmente tenha sido útil. Se é este o caso, compartilhe nosso artigo nas suas redes sociais ou deixe ou comentário aqui para a gente!

(Fonte da imagem destacada: Wamsler: 18443365 / 123rf.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
45 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...