O babador é um artigo que é capaz de proteger a roupa dos bebês da sujeira que fazem. Por isso, este item costuma ser encontrado em todas as casas que possuam crianças. No entanto, com o tempo, esses artigos evoluíram muito, tanto em seu formato e design quanto na funcionalidade.

Um babador não é mais usado apenas na hora da refeição ou para limpar a saliva da boca do bebê, mas também para os momentos em que eles usam tintas, dentre outras coisas. Confira o Guia de Compras abaixo para saber mais sobre esse produto.

O mais importante

  • O babador é um dos itens que as crianças utilizam por mais tempo. Desde muito pequenos os bebês começam a salivar e, a partir de então, levarão anos até que parem de usar o babador.
  • Se você está buscando por um babador, perceberá que existe uma grande quantidade deles no mercado, fabricados com diferentes materiais e com as mais variadas funções.
  • Durante a sua busca pelo babador ideal para seu filho, será importante avaliar certos aspectos que garantem que a sua escolha seja adequada para as necessidades do pequeno, como tamanho, tipo de fecho, material de fabricação e o uso a que se destina.

Ranking: Os melhores modelos de babador do mercado

É natural que os pais desejem sempre comprar os melhores produtos para os seus filhos, e, mesmo com os itens mais simples, como um babador, é preciso ter cuidado durante a sua escolha e pesquisar bem antes da sua compra. No Ranking abaixo você encontrará os melhores itens disponíveis no mercado atualmente.

1° – Babador NUK

Essa babador é fabricado com um material impermeável, que evita que a roupa da criança fique úmida por baixo. Além disso, ele é muito fácil de limpar, e isso pode ser feito com uma esponja, um pano macio ou na máquina de lavar louça. Ele também possui um bolso cata-migalhas, que evita que o bebê se suje e mantém o ambiente limpo.

Ele é desenvolvido 100% em silicone macio, é maleável e muito confortável, para que assim a criança não sinta qualquer dificuldade em ficar com ele por um longo tempo. Sua regulagem permite que se adapte perfeitamente ao tamanho do bebê.

2° – Babador Girotondo Baby

Essa babador é ideal para ser utilizado em atividades culinárias ou artísticas das crianças, já que ele cobre o corpo de forma abrangente. Ele possui um fecho do tipo velcro no pescoço e sua limpeza é muito fácil, pois é fabricado 100% em poliéster, além de ser impermeável.

A estampa divertida dele do Mickey também vai agradar muito as crianças. Assim, os pequenos irão se divertir em suas atividades e estarão protegidos das manchas.

3° – Babador Multikids Baby

Esse babador com mangas é ideal para que as crianças não se sujem, seja para alimentação ou para atividades de pintura, já que ele cobre muitas áreas do corpo, e impede que as roupas manchem. Além disso, ele é impermeável, e assim a roupa de baixo não fica úmida.

Ele tem a imagem de um cachorrinho na frente, para que a criança de divirta, além de ser muito confortável para o uso diário. Além disso, ele possui um bolso para que as migalhas caiam dentro dele e não no chão.

4° – Babador Buba

Esse é um kit com 3 babadores, que possuem tecido atoalhado com a parte de trás impermeável, para que assim seu filho não fique com a roupa úmida. Esse babador é ideal para bebês, pois é muito confortável e prático, e foi fabricado para acompanhá-lo diariamente durante as suas refeições.

O fecho em velcro facilita muito a vida dos pais, pois torna fácil que coloquem e tirem o babador. Além disso, ele possui estampas fofas que seu bebê vai adorar.

5° – Babador Clingo

Essa babador com formato de bandana vai deixar o seu filho ainda mais estiloso, mesmo nos momentos em que estiver comendo. Além disso, ele é ótimo para a hora das refeições, já que possui um tecido impermeável e um fecho com botão de pressão ajustável, que deixa o seu bebê confortável ao usá-lo.

Ele é ideal para levar o bebê passear e fazer as refeições fora de casa, pois ele ficará super estiloso durante o passeio, e o acessório nem parece com um babador.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre o babador

Esses tipos de artigos são tão familiares para as pessoas que muitos acham que não há mais o que aprender sobre eles. No entanto, a evolução deles nos últimos anos prova que mesmo os objetos mais simples sempre evoluem. Para eliminar qualquer dúvida que você possua, confira o Guia de Compras abaixo.

Imagem de uma menina com babador comendo.

O termo babador, também conhecido como «babeiro», deriva da palavra baba, que significa saliva abundante. (Fonte: dolgachov: 76363206 / 123rf.com)

O que é um babador e quais as vantagens que ele possui?

O termo babador, anteriormente conhecido como “babeiro”, deriva da palavra baba, que significa saliva abundante. De modo geral, refere-se ao pedaço de pano (ou outros materiais) que cobre as roupas da criança e as protege das manchas. Estes produtos são fundamentais durante a infância, e possuem muitas vantagens.

  • Desde o momento em que o bebê começa a salivar, o babador é capaz de manter o pescoço dele seco, o que impede o surgimento de reações na pele e proporciona conforto.
  • Protegem a roupa no momento de comer, e ainda mais quando as crianças começam a comer sólidos de maneira independente.
  • Evitam que a roupa das crianças estrague quando eles pintam ou realizam outras atividades manuais.

Um babador permite que as crianças brinquem e se desenvolvam sem que os pais precisem se preocupar com as manchas nas roupas. Por isso, a escolha de um modelo que atenda as necessidades de cada criança é fundamental.

Que tipos de babador existem?

Ao pensar em um babador, é comum que venha a cabeça o modelo tradicional. Embora ele ainda seja vendido e usado atualmente, os tempos mudaram e agora é possível encontrar uma enorme variedade de modelos para escolher. Estes são os mais vendidos:

  • Babador tradicional: Ele possui o formato de meia-lua clássico. Normalmente são fabricados em algodão, com tecido similar ao de uma toalha.
  • Babador bandana: Ideal para os amantes da moda. Este tipo de babador é parecido com o anterior, mas possui o formato triangular de uma bandana, com diferentes estampas. A desvantagem é que sua área de cobertura não é muito abrangente.
  • Babador com mangas: Possui um tamanho abrangente, como se fosse uma camiseta. São os que mais protegem a roupa da crianças, sobretudo quando eles começam a comer sozinhos ou a realizar atividades como a pintura.
  • Babador para comer: Eles possuem um bolso para coletar os alimentos derrubados pelas crianças e não mancham as roupas. Geralmente são feitos de silicone ou outros materiais plásticos fáceis de limpar.
  • Babador avental: São os mais próximos à um avental para crianças. Eles são muito práticos, já que cobrem praticamente todo o corpo.

A escolha do tipo de babador dependerá da situação em que vamos usá-lo e da idade do bebê. Por exemplo, não será necessário usar um babador avental quando a criança ainda for pequena e não comer sozinha. É possível encontrar uma infinidade de modelos diferentes de qualquer um dos tipos apresentados.

Imagem de bebê sorrindo comendo.

O babador mais simples de manter limpo é o fabricado em plástico ou silicone. (Fonte: Natalia Deriabina: 100136351 / 123rf.com)

Existe um babador certo para cada idade da criança?

Se você deseja garantir o maior conforto possível para o seu filho, o ideal é usar o babador que se adapte a cada uma das etapas de seu crescimento. Afinal, um bebê de quatro meses não possui as mesmas necessidades de uma criança de um ano e meio. Para saber mais sobre isso, confira a tabela comparativa abaixo:

Etapa de crescimento Tipo de babador Motivo
Recém nascidos ou com poucos meses Babador de pano para recolher a saliva e leite quando regurgitam São suaves e delicados com a pele do bebê, e possuem uma grande absorção
Quando começam a comer semi-sólidos ou sólidos Babador de plástico ou material impermeável (normalmente com bolso) São fáceis de limpar e muito úteis para evitar as manchas
Quando começam a comer de forma independente Babador com cobertura abrangente, normalmente com mangas Protegem completamente a roupa da criança ao mesmo tempo que permitem que tenha total liberdade de movimentos

Todas essas recomendações são genéricas e representam o que funciona na maioria dos casos. Apesar disso, cada um deve levar em conta as suas próprias necessidades e os gostos da criança para escolher o babador ideal.

De que materiais são fabricados os babadores?

Algo que os pais sempre se preocupam quando compram itens para seus filhos é o material com o qual eles são fabricados. Normalmente, um babador é feito de plástico, algodão ou tecido, e cada um deles tem vantagens e desvantagens, conforme explicaremos na tabela abaixo.

Material Vantagens Desvantagens
Plástico Máxima proteção, sobretudo para alimentos sólidos São muito rígidos e podem incomodar a criança
Algodão Muito confortáveis para o bebê, além de poderem ser lavados na máquina Não oferecem muita absorção
Tecido tipo toalha Muito absorventes e confortáveis É difícil eliminar as manchas, mesmo utilizando água quente

Além do conforto e da praticidade deste item, é preciso levar em conta as possíveis reações alérgicas. A pele das crianças é muito sensível e, como o babador fica em contato com o pescoço, é preciso ficar atento. Portanto, se notar algum sinal de reação, busque outro material.

Imagem de babador e outros acessórios.

O tamanho é um critério que deve influenciar na compra de um babador. (Fonte: ksana Mironova: 8629844 / 123rf.com)

O babador requer algum cuidado especial?

É fundamental manter um babador em bom estado e limpo, para prevenir qualquer tipo de reação na pele. Abaixo você encontrará alguns dos conselhos que os especialistas dão a este respeito:

  • Recomenda-se lavar qualquer item do bebê separadamente, pelo menos durante os primeiros seis meses, para evitar contato com as roupas dos adultos, que normalmente são mais sujas.
  • Eles normalmente são lavados à mão.
  • É aconselhável utilizar um sabão hipoalergênico, que reduz o risco de alergias.
  • Como as manchas de alimentos que aparecem no babador podem ser o ambiente ideal para a proliferação de bactérias, é necessário sempre lavá-los após o uso.
  • É importante verificar se o babador está bem enxaguado e que não há resquícios de sabão.
  • Passar o babador à ferro é opcional, mas o calor dele pode eliminar os micróbios.

Se seguir essas dicas, você irá minimizar as chances de que a pele da criança fique irritada. Se usar um babador de plástico, silicone ou de algum material impermeável, será suficiente passar um pano úmido após cada uso, embora também seja necessário fazer uma lavagem profunda pelo menos uma vez por semana.

Até que idade um babador deve ser utilizado?

A verdade é que não é possível estabelecer uma idade exata para que as crianças parem de usar o babador. O que sabemos é que, na maioria dos casos, este item começa a ser usado a partir dos três ou quatro meses. Neste momento, os bebês começam a secretar saliva e um babador é ótimo para evitar que o pescoço fique molhado.

A partir desse momento, eles vão usá-lo cada vez mais, até chegarem ao ponto de aprenderem a comer sozinhos (mais ou menos aos três anos), quando passará a haver mais risco de manchas. Depois disso, o momento de pararem vai depender muito da criança.

Especialistas em farmácia e pediatria

“Quando colocar o bebê para dormir, para a segurança dele, retire o babador, correntes, ou qualquer adorno para o pescoço.”

Que tipos de fechos existem em um babador?

O mais tradicional é o laço atrás do pescoço, mas ultimamente muitos fechos diferentes tem aparecido, mais modernos, seguros e confortáveis. O tipo de fecho depende do material com o qual a peça é fabricada. Estes são alguns dos mais comuns:

  • Fecho com botão: Utilizados normalmente com o babador de tecido, este tipo de fecho é muito simples de usar. O inconveniente é que, sobretudo para crianças ansiosas, também é fácil arrancar.
  • Fecho com velcro: Semelhante ao anterior, embora seja mais frequente em babadores de silicone ou plástico.
  • Sem fecho: É comum no babador tipo poncho ou com mangas, já que são colocados pela cabeça, como se fossem uma camiseta.

Para encontrar o fecho ideal você deve buscar o equilíbrio entre a segurança (para que a criança não possa tirá-lo, para evitar o risco de asfixia) e conforto. Lembre-se que o seu filho vai passar muito tempo com o babador e isso não deve ser um incômodo para ele.

Imagem de mãe dando comida para bebê.

Algo que sempre preocupa a os pais quando compram artigos para os filhos é o material de fabricação deles. (Fonte: Evgeny Atamanenko: 74497114 / 123rf.com)

Quantos babadores você deve ter em casa?

A resposta é clara: pelo menos dois. A partir daí, já depende das circunstâncias de cada um, pois há famílias que, por causa das atividades que realizam precisam ter alguns a mais. O tipo de babador também deve ser levado em conta, já que os impermeáveis são mais fáceis de limpar do que os de pano.

Assim, se você tiver apenas babadores de pano, precisará de um extra enquanto o primeiro está sendo lavado. O mesmo acontece com os de plástico, que também precisam ser lavados eventualmente. O importante é que sempre tenha um em mãos e um limpo sem uso, para estar preparado para qualquer imprevisto.

Critérios de Compra

É muito comum sentir-se perdido no momento de escolher um babador, já que existem inúmeras opções disponíveis no mercado. Portanto, para ajudá-lo na sua escolha, apresentaremos abaixo os principais critérios para a compra de um item como esse.

  • Sistema de fecho
  • Tamanho
  • Limpeza
  • Material
  • Uso

Sistema de fecho

Conforme falamos anteriormente, é possível encontrar babadores com sistemas de fecho diferentes. Eles não são melhores ou piores, eles simplesmente são mais ou menos úteis dependendo de cada situação. Ao optar por algum deles, é preciso levar em conta o conforto do bebê.

Além disso, é importante verificar se a criança não consegue remover o babador sozinha. Se isso acontecer, o fecho não é adequado. Você deve pensar também que terá que tirar o babador da criança várias vezes ao dia, o ideal, portanto, é optar por um que ofereça essa facilidade para os pais, e não para as crianças.

Tamanho

O tamanho é um item fundamental a ser avaliado antes da compra do babador do seu filho. É importante que ele cubra bem as roupas do bebê para evitar manchas, mas não deve ser muito grande, nem muito pequeno. Se o babador for muito grande, poderá ser desconfortável para ele.

Se ele for muito pequeno, poderá até ser perigoso, já que o babador fica preso ao pescoço do bebê, então é preciso que haja folga suficiente para que a criança não sofra uma asfixia.

foco

Lembre-se que é importante levar em conta as indicações do fabricante com relação a idade recomendada.

Limpeza

O babador deve sempre estar limpo, conforme mencionamos anteriormente. Portanto, a facilidade para realizar essa tarefa é outro critério que deve ser avaliado antes da compra, afinal, as manchas serão frequentes, e eles devem ser lavados logo em seguida, daí a necessidade de serem fáceis de limpar.

Em geral, os mais simples de manter sempre limpos são aqueles feitos de materiais plásticos ou de silicone, já que será suficiente usar um pano úmido para limpar. Além disso, é aconselhável colocá-los na máquina de lavar para uma limpeza mais profunda.

Material

Manter a pele dos bebês bem cuidada e prevenir o aparecimento de reações alérgicas nem sempre é fácil. Portanto, é preciso prestar muita atenção ao material com o qual eles são fabricados, já que o babador entra diretamente em contato com a pele deles.

Embora sejam produtos específicos para o uso infantil, é necessário verificar se o material utilizado se adapta à pele da criança. É preciso sempre ter certeza de que ele não contém elementos nocivos ou tóxicos em sua composição.

Uso

Também é muito importante saber o uso que você vai dar ao babador, isto é, a situação exata em que seu filho irá usá-lo. Nesse caso, a idade da criança também é importante. Por exemplo, não deve ser escolhido o mesmo babador para um bebê recém-nascido e para uma criança que esteja aprendendo a comer sozinha.

Além disso, se quiser utilizar o babador para as criações artísticas da criança, ele deverá ser de outro tipo. Assim, à medida que a criança crescer, ela deverá ter outros tipos de babadores, dependendo dos hábitos que vá adquirindo.

Resumo

Um babador é muito utilizado ainda hoje, apesar de ser um item existente desde a antiguidade. Ele é um produto muito útil e prático, assim que o bebê começa a salivar até que ele aprenda a comer de forma independente. Isso acontece em torno dos três ou quatro anos.

Como eles acompanham os pequenos por tanto tempo, é importante sempre escolher um modelo que seja confortável e que seja adequado para cada estágio do crescimento do seu filho. É preciso levar em conta fatores como material, tamanho e fecho ao escolher o modelo do babador.

Se você gostou do nosso Guia de Compras sobre babador, compartilhe-o nas suas redes sociais ou deixe o seu comentário.

(Fonte da imagem destacada: Guzel Kamalova: 123651321 / 123rf.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
36 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...